Emissão de passaporte será menos burocrática

0

A partir de agora, a pessoa que for tirar o passaporte irá precisar apresentar um número bem menor de documentos. Agora não será mais necessária a presença da quitação eleitoral, de serviço militar, e o comprovante de pagamento da taxa começará a ser implementada de maneira gradual a partir do final do mês de janeiro, e valerá para todo o país até o final de 2018.

A medida do Governo, lançada em março, visa desburocratizar a oferta de serviços e também reduzir custos. Além da emissão de passaporte, outros serviços vão se tornar menos burocráticos. .

“O objetivo é a simplificação administrativa, a modernização da gestão e a melhoria da prestação dos serviços públicos tanto para os cidadãos e sociedade civil como para as empresas com que o governo tem relação. É um modelo que busca também reduzir custos”, explicou a subchefe de articulação e monitoramento da Casa Civil, Natália Marcassa.

Para o passaporte, continua sendo obrigatório a apresentação do documento de identidade, CPF e naturalidade.

Os documentos que tiverem a apresentação dispensada serão buscados na base de dados do governo pelo órgão emissor, para que a pessoa não tenha solicitar um documento em um órgão governamental para em seguida entregar em outro.

Confira aqui o passo a passo para a obtenção do passaporte. (página do site https://turistaprofissional.com)

Compartilhe.

About Author

Vinicius Reche

Tinha o sonho de ser jogador de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes, tem como principal desejo, viajar por todo mundo para curtir lugares novos, e experiências únicas. Atualmente, cursa o último ano de Jornalismo na Universidade Metodista de São Paulo.

Leave A Reply

1 2 3 4 5